Eli Camargo Junior

Eli Camargo Junior nasceu em São Vicente, SP, Brasil, 1956.

Estudou guitarra clássica com Henrique Pinto, formando-se na Faculdade de Música de Santos. A primeira fase da sua carreira foi como guitarrista, a solo e em agrupamentos de câmara, em concertos no Brasil e Portugal. Destacam-se as suas apresentações em salas como o Teatro Municipal de Santos, Teatro do Museu de Arte de São Paulo, Sala Aylton Escobar, Salão Nobre do Conservatório Nacional de Lisboa, Sociedade Portuguesa de Autores (Lopes Graça: Comemorações Nacionais dos 80 Anos).

 

Como guitarrista participou em cursos de aperfeiçoamento com Abel Carlevaro, e realizou estágio de "Virtuosismo e Música Contemporânea Portuguesa" no Conservatório Nacional de Lisboa, sob a orientação do Prof. José Lopes e Silva. Estudou direcção coral e orquestral em vários cursos no Brasil (Festival de Inverno de Campos do Jordão, Professores Michel Philliphot e Hugh Ross) Portugal (Robert Hullygan) e Espanha (em Lérida, Peps Pratts e Erwin Lizt; em Alcalá de Henares, Arturo Tamayo).

É licenciado em composição pela Escola Superior de Música de Lisboa, onde estudou com os Professores José Carlos Buonacorso, Christopher Bochmann e António Pinho Vargas.

 

Residente em Portugal desde 1985, participou activamente no ensino da música como professor de Guitarra, Análise e Técnicas de Composição, Música de Câmara, nas escolas: Conservatório Regional de Castelo Branco, Escola de Música de Torres Novas, Orfeão de Leiria, Academia de Música e Dança do Fundão, Escola de Música Canto Firme de Tomar.

Na área do ensino criou vários projectos que na sua realização tiveram o suporte e monitorização do Ministério da Educação, destacando para a disciplina de Música de Câmara: "Conjuntos Não Convencionais" e "Rede de Escolas", que contou com a participação das Escolas de Música do Fundão, Tomar e do Conservatório Regional de Castelo Branco.

Criou e dirigiu, em três anos consecutivos, os Cursos de Música em Conjunto, realizados na Escola de Música e Dança do Fundão, quando então leccionou com a Professora Olga Pratts.

Desde 1999 é professor na Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa, onde lecciona as disciplinas de Análise e Técnicas de Composição, e Música de Câmara (Repertório Contemporâneo).

Nos últimos anos tem-se dedicado à composição, destacando as estreias mais recentes: “Smarinattas” – pelo Évorensemble Contemporâneo, concerto no Convento do Carmo, Évora; “Quatro peças para guitarra”, Pedro Rufino em concerto no XII Festival Internacional de Domingos Martins (Brasil) "Solo” pelo Guitarrista Paulo Amorim, em concerto no Palácio Foz (2005) “Em dez fios tensos” Guitarra: Paulo Amorim e Cello: Catheryn Strynx, nos Concertos Sonata – Academia dos Amadores de Música (2005) “Interface Acústica para um Monumento” – alunos avançados do Conservatório Nacional, em concerto no Mosteiro dos Jerónimos (2005, Jornadas do Património); “Três Momentos de Saudade”, pelo Guitarra Trio concerto promovido pela Antena 2, CCB (2006); Projecto “Mares Dantes Navegados” que incluiu as obras “Três Peças para Trombonete” e “Canções para o Sem-Fim”, com a participação de alunos avançados do Conservatório Nacional. Nesta oportunidade dirigiu a estreia de “OHR”, do compositor Paulo Brandão, em concertos realizados no Mosteiro dos Jerónimos, no Museu Nacional de Arte Contemporânea e na Mãe D’água Amoreiras (2006). “Jet Lag”, escrita a pedido do Grupo de Música Contemporânea de Lisboa e por estes apresentada em concertos no Palácio Foz e Sala Lopes Graça (Tomar), sob a direcção de Christhopher Bochmann.

“Seresta Ferida”, para quinteto – obra dedicada aos solistas Sally Dean e Nuno Silva, e por estes estreada com solistas da Orquestra Metropolitana de Lisboa, em concerto no Palácio Foz – Temporada de Música de Câmara da OML, 2006. Projecto “Quatro Cantos da Casa” que incluiu a sua obra “Cadenzares”, com a participação de alunos finalistas e solistas convidados do Conservatório Nacional. Este projecto resultou em concertos sob a sua direcção (CCB –Dias da Música, Salão Nobre do Conservatório Nacional) quando também foram feitas primeiras audições dos compositores Ivan Moody, Eurico Carrapatoso, Paulo Brandão, Jorge Machado e Carlos Gomes. Neste momento trabalha na elaboração da proposta de tese para doutoramento “Música de Câmara, estratégias composicionais”, na Universidade de Évora, sob a orientação do Prof. Christopher Bochmann. Lecciona a disciplina de Didáctica da Música no Instituto Piaget de Almada

Este compositor tem 10 obras na editora AvA:

Eco moleque

Ref. ava100580

Work Cover

11.00 €

Lubramix II, Musica quase um doc.

Ref. ava100490

Work Cover

35.00 €

Prelúdio e Choro

Ref. ava100489

Work Cover

11.00 €

Quatro Peças

Ref. ava100515

Work Cover

11.00 €

Seis Pequenos duos

Ref. ava100491

Work Cover

11.00 €

Solo, para Guitarra

Ref. ava080144

Work Cover

11.00 €

Texturas

Ref. ava120879

Work Cover

22.00 €

Três Momentos de Saudade

Ref. ava080143

Work Cover

25.00 €

Três peças do Folclore Luso

Ref. ava120819

Work Cover

11.00 €

“Em dez fios tensos”

Ref. ava130974

Work Cover

20.00 €