ACORDEÃO DE CONCERTO EM PORTUGAL – PERCEÇÕES E EXPECTATIVAS

José Valente (1989 - )

Ref. ava141251

ACORDEÃO DE CONCERTO EM PORTUGAL – PERCEÇÕES E EXPECTATIVAS

Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Acordeão, realizada sob a orientação científica do orientador Professor Paulo Jorge Freitas Ferreira, Professor equiparado a Professor Adjunto na Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco e da coorientadora Doutora Maria Luísa Faria de Sousa Cerqueira Correia Castilho, Professora Adjunta da Unidade Técnico-Científica de Música e Artes do Espetáculo da Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco

 

 

ACORDEÃO DE CONCERTO EM PORTUGAL – PERCEÇÕES E EXPECTATIVAS

 

 

 RESUMO

 

            O presente estudo incide sobre perceções e expectativas relativamente ao acordeão de concerto em Portugal. Tem como principais objetivos (1) conhecer a origem e a evolução do acordeão enquanto instrumento musical; (2) conhecer a história do acordeão de concerto em Portugal; (3) coligir repertório português para acordeão de concerto; (4) descrever as duas obras a executar no recital de apresentação do trabalho de projeto, Suite n.º 1 “Imagens Pac-Chen”, de Paulo Jorge Ferreira, e Concerto para acordeão e orquestra, de Cristóvão Silva e (5) compreender até que ponto o acordeão de concerto está integrado no meio musical português.

 

            Os objetivos delineados justificam-se pelo facto de o investigador, um instrumentista de acordeão de concerto, se sentir motivado para aprofundar o conhecimento na sua área de estudo e de trabalho, para além de dar um contributo para o conhecimento e a afirmação deste instrumento musical em Portugal. Apresenta-se uma fundamentação teórica que incide sobre a origem e a evolução do acordeão, sobre a história do acordeão de concerto em Portugal e, ainda, sobre o repertório português para este instrumento. Descrevem-se e fundamentam-se as opções metodológicas subjacentes a este estudo, relevando o estudo de caso e o inquérito por entrevista. Os resultados apresentados fundamentam-se na análise do conteúdo de entrevistas feitas a oito compositores portugueses.