Reflexão: "La Vague Déferlante"

João Sequeira ( 2001 - )

Ref. ava181812

Reflexão: "La Vague Déferlante"

1º Premio de Composição - Concurso Internacional de Composição  Tomarimbando

 

Reflexão: “La vague déferlante” 

para marimba solo 

 

Por PercuScribe 

 

A referida composição surge na observação de dois momentos distintos presenciados numa praia, que dão o nome aos respetivos dois andamentos, “Onda” e “Tempestade”. Deste modo, procura-se providenciar tanto no intérprete como no ouvinte uma representação subjetiva da observação destes dois fenómenos e as sensações visuais e sonoras provocadas. Assim, o título é ambíguo entre a síntese que faz da temática da obra e a homenagem que faz à beleza dramática e cénica do mar, assim como assume uma posição mais poética, tendo como propósito um papel motivante na reflexão interior e na busca do equílibrio natural e harmonioso de uma “onda surgente”.

Face ao exposto, a escrita deve ser entendida como uma representação, tendo um carácter minimalista e, ao invés de forçar ideias e fraseado, ambos os andamentos, com ênfase na escrita livre de métrica do primeiro andamento, devem suscitar no intérprete a busca de ideias musicais, sonoridades e carácter próprio. As diversas pontuações musicais incluídas devem ser tratadas com  um pensamento consistente e coeso, sendo no entanto desenhadas para demonstrar expressão, pintando um quadro próprio através do uso das diversas sonoridades naturais da marimba. As semicolcheias distintas no início de cada ligadura marcam o início das ideias musicais propostas ao intérprete e as várias dinâmicas apresentadas deverão ter em conta a acústica da sala, o instrumento usado e tipo de texturas pretendidas.

Como recomendação, o primeiro andamento deverá recorrer a um set graduado de baquetas, contrapondo um som mais cheio e quente no baixo e maior articulação e distinção no soprano, que se encarrega da melodia. O segundo andamento deverá ser tocado com baquetas mais pesadas com boa articulação para melhor realçar os contrastes entre dinâmicas e outros recursos estilísticos presentes na obra.